Transfofa em Blog

Um espaço especial e pessoal, para dar relevo a cada momento único - Bem Vind@ ao meu Blog!

segunda-feira, Abril 30, 2007

E aconteceu o segundo debate sobre Transexualidade (melhor talvez seria dizer sobre o documento reivindicativo de uma lei de identidade de género da ILGA Portugal). Desta vez a mesa era composta por representantes da equipe médica do Hospital Júlio de Matos (HJM), um representante dos Médicos pela Escolha e dois Transexuais do Grupo de Trabalho. Pareceu-me que a assistência era mais pequena que no primeiro debate. Uma pena, pois este debate revelou-se talvez mais importante que o primeiro (em que pouco mais se fez que criticar/denunciar práticas de alguma maneira infelizes do Hospital de Santa Maria (HSM). De notar que na assistência encontravam-se o Dr. Rui Xavier Vieira e o Dr. Décio do HSM.

Iniciou-se com o anúncio da organização de (mais) um grupo de trabalho sobre Transexualidade na ILGA (ou qualquer coisa deste género, perdoem a imperfeição dos termos mas a gente comum como eu não tem acesso à gravação feita no debate, portanto é tudo de memória). Depois veio a apresentação da mesa e a leitura das reivindicações pelos representantes da ILGA. Seguidamente deu-se início ao debate. Ou melhor, ás críticas da equipe do HJM ao documento, que a ser assim ficaria reduzido a menos de um terço.

Ora bem, muitas das críticas têm a sua razão de ser e concordo com elas, bem como quase tod@s @s Transexuais com quem falei. Realmente havia lá muita coisa que não faz sentido, e aqui faço notar como teria sido importante ter havido mais trabalho no documento. Se não tivesse sido trabalhado a portas fechadas, quase como que em segredo (uma estupidez visto ser um documento que diz respeito a TOD@S @s Transexuais, não exclusivo d@s Trans da ILGA Portugal), de certeza que teria aparecido muito mais razoável. Nesse sentido e mais uma vez, no final do debate lançei o repto de haver encontros entre as pessoas interessadas para debater o documento. Como fiz notar, não era ali, com limites temporários e com discussões que se afastaram um pouco para outros lados, que se poderia fazer um trabalho produtivo. Ou então, que o debate se prolongasse por mais umas boas horas, de maneira a dar oportunidade a quem o quisesse de falar de sua justiça. Coisa que se torna impraticável com limites temporários.

Já Eva Russo, representante da Opus Gay, pediu que as restantes associações também pudessem debater o documento, coisa que sou absolutamente a favor, para ver se aparece um documento único que reúna TODA A GENTE, não só a posição de uma minoria de pessoas pertencentes à ILGA Portugal.

Continuando, quando começou o debate, ou seja, quando supostamente as pessoas presentes poderiam falar de sua justiça, contestei a necessidade de uma segunda avaliação nos moldes em que é feita em Portugal (desde um mínimo de duas consultas até um máximo que ainda não sei onde termina, no meu caso, uns com testes psicológicos, outros sem esses testes, é à vontade do freguês). O Dr. Pedro Freitas do HJM, contrário a esta posição, nem me deixou explanar as minhas razões, coisa que detesto, pois quando digo algo, digo-o PORQUE tal e tal, ou seja, digo-o FUNDAMENTADO. É de lamentar que num debate nem se deixe apresentarem-se razões. Foi uma atitude rude e prepotente de um conceituado médico, coisa que sinceramente não estava à espera. Assim sendo, os restantes comentários ficaram na gaveta, não disse mais nada até ao fim, onde propuz o debate de que falei anteriormente

Já agora aproveito para dizer o seguinte: as razões para não acreditar numa necessidade de uma segunda opinião já as disse atrás, só faltou dizer que, para essa avaliação ter alguma credibilidade, cada Transexual teria de fazer dois processos em simultâneo, o que seria estúpido, no mínimo. Não me parece que seja com duas consultas, como acontece em alguns casos, ou mesmo com seis que se fique a conhecer suficientemente bem uma pessoa. As equipes médicas que nos seguem fazem-no durante o tempo suficiente para que o seu diagnóstico seja o mais credível. Assim, continuo a contestar a necessidade de uma segunda opinião

Outra coisa que me foi apontada pelo Dr. Freitas foi que não devíamos pedir muito, só o que se achar correcto. Esquece-se o Dr. que em Portugal, (e não só), para se obter 10 tem que se exigir 50. Faz parte do senso comum e é por isso que existem negociações. Logo, não concordo em absoluto com a necessidade de se exigir o mínimo, aliás, penso mesmo que se deve exigir o máximo. E outra coisa, lá porque a Espanha tenha neste momento a mais avançada lei de identidade de género, isso não implica que mesmo essa lei se possa melhorar. Não temos de pedir menos, nem sequer igual, só por estarmos em Portugal (outra boca que me amandou e à qual não pude dar resposta). Quando o Dr. afirmou que por ele se fazia copy/paste da lei espanhola, eu acrescentaria que também se deveria importar o Zapatero, pois sem dúvida nenhuma a lei só saíu por existir um Zapatero em Espanha. Sem ele, sem um político que cumpre o que promete, se calhar ainda teriam de esperar mais 30 anos em Espanha.

O resto do debate foi (salvo uma ou outra intervenção esporádica) um monólogo entre a mesa/ILGA e a mesa/HJM. A coisa aqueceu, e demonstrou as divisões existentes no Serviço Nacional de Saúde, quando se falou da inutilidade da autorização da Ordem dos Médicos (também iria falar nisso, se não me tivessem cortado a palavra). Os representantes do HSM e do HJM quase que se "pegaram". No entanto ficou-se a saber que também o Dr. Xavier do HSM é contra esta necessidade, sendo no entanto o coordenador na Ordem de quem analiza os processos. No comments. Nota curiosa: quando foi contestada a necessidade da Transexualidade estar incluída nas psicopatologias, que os representantes do HJM concordaram que efectivamente o deve estar, o Dr. Xavier Vieira (numa altura em que apareceu o exemplo da homossexualidade) disse que estava de fora das psicopatologias "quer dizer, está mas vejamos, ainda está a ser estudada". Não foram estas as palavras exactas, nem posso reproduzir aqui as hesitações, mas o que deu a entender foi que a homossexualidade saíu das psicopatologias mais por força de lobbies que por outra coisa. Ou seja, que apesar de não estar incluída oficialmente, está-o subrepticiamente. Também no comments.

Também muitas das reivindicações lá inseridas eram absurdas, pois demonstram quase um medo de que algum dia alguém descobrisse a Transexualidade de uma determinada pessoa (leia-se qualquer um/a de nós). Aquilo de mudar de nomes familiares era completamente absurdo, além de sair do âmbito da Transexualidade (qualquer pessoa pode querer fazer isso, não tem a ver com Transexualidade, bolas). Não sejamos paranóicos, deixemos as manias de perseguição de lado, não acredito que futuramente venha a haver um SIS que ande a vasculhar quem é Transexual para fazer, sei lá, uma denúncia pública? Chantagem? Quer dizer, já é um exagero. Ser-se Transexual pode não ser motivo de orgulho de ninguém (se o fosse, as pós-op não "desapareciam"), mas também não é motivo para se ter vergonha.

Resumindo, saímos de lá com a sensação de que ainda muito há a fazer em relação a este documento, e com a esperança de que TODA A GENTE INTERESSADA possa dar um contributo positivo para unir em torno deste documento uma comunidade que, além de ser a mais pequena, é também uma das mais divididas.
[Jamaica] [Editorial]
Barbarity has no place here
The graphic images accompanying the lead story in yesterday's Daily Observer should be cause for great concern, not to mention evidence with which to initiate a prosecution against those pictured beating and kicking a cross-dresser in Falmouth's Water Square on Friday morning.
[Commentary] Gays again?
Every time that I conclude that the gay debate is over, I realise that I can't turn my back on it. Rather, it is an issue that sensible well-thinking Jamaicans must confront.In recent weeks, there has been a spate of encounters between the public and the gay minority. Most of the scenes and some of the participants were ugly.

[India]
Transgendered hail Government Order
Members of the transgendered community thanked the Tamil Nadu Government for its order issued last month recognising their rights to healthcare and education.

[Pakistan]
Debate on eunuchs’ rights hinges on research into community
The debate over giving rights to the eunuch community in Pakistan hinges on the premise that more information needs to be gathered about them. At the same time, eunuchs are reluctant to give more information about themselves, as it is their very mystery and unseen “powers” that give them sway over common folk.

[USA] [Television]
'Born in the Wrong Body'
Transgender youth share their stories in an MSNBC documentary
"Born in the Wrong Body" debuts on Monday, April 30, and Wednesday, May 2, at 10 p.m. ET on MSNBC
In almost every way, Jake is a typical 16-year-old boy.

[USA] [Commentary]
It's either (sex) change -- or die
While Mike Penner has been a sportswriter at the Los Angeles Times for 23 years, his average story doesn't produce more than a half-million hits on the Times' Web site. Then again, his typical story doesn't alert readers that, after a brief vacation, he will return to the beat as Christine Daniels.

[OR, USA] [People/Books]
A memoir of gender change analyzes 'not fitting
Raised a woman, Portland writer Aaron Raz Link became a man -- a gay man -- at the age of 29.

[OH, USA] [Blog/Law/Commentary]
Custody terms changed over child's gender identity issues
The Court of Appeals of Ohio, 7th District, approved a decision by the Jefferson County Court of Common Pleas that custody of a young boy exhibiting signs that he wanted to be treated as a girl should be switched from his mother, who had actively acknowledged this trend and planned to smooth her son's voyage of gender transition, to his father, who actively opposed this conclusion and rejected the contention that his son is transsexual.

domingo, Abril 29, 2007

[Portugal]


Segunda 30 Abril

FESTA MAYDAY CONTRA A PRECARIEDADE

o primeiro de maio começa às zero horas.

22H. Karnart

DJs, VJs, Personal Trainers para a Manif, etc

Rua da Escola de Medicina Veterinária, junto ao Liceu Camões

(M: Picoas)

Entrada - 3 euros


[UK]
Musical transvestite kicked out
A one-legged transvestite drummer has been evicted for playing her collection of instruments too loudly.
Trannie with 1 leg gets boot
A ONE-LEGGED harp-playing transvestite has been evicted by council bosses after making neighbours’ lives a misery.

[Pakistan] [People]
Pakistan drag diva bends rules of gender, society
Female impersonator' s wildly popular TV show underscores society's extremes

[Jamaica]
Mob beats cross-dresser
Police who were called to the scene had to fire warning shots to disperse the stone-throwing, stick-wielding mob, which succeeded in tearing off the man's black-and-white form-fitting blouse and jet black wig.
Scenes from the beating of a cross-dresser in Falmouth yesterday morning.

[TX, USA]
Transgender teen accuses school of discrimination
A male Fort Worth high school student who has been dressing as a girl has been suspended from school.

Eastern Hills High School sophomore Rodney Evans says he has been punished by school officials numerous times for dressing as a girl, which he began doing when he was a freshman. 'I can't be who I am. They basically stripped me of who I am,' he said.

[USA]
Transgender Children: Resources

Stephanie Grant and Renee Jennings, two of the mothers who appear on Barbara Walters' special, have joined together to launch a new foundation called TransKids Purple Rainbow

[USA]
Transgender Children: Frequently Asked Questions
Frequently Asked Questions to Help You Understand Transgender Children

[USA]
'I'm a Girl' - Understanding Transgender Children
From the moment we're born, our gender identity is no secret. We're either a boy or a girl. Gender organizes our world into pink or blue. As we grow up, most of us naturally fit into our gender roles. Girls wear dresses and play with dolls. For boys, it's pants and trucks.
But for some children, what's between their legs doesn't match what's between their ears -- they insist they were born into the wrong body. They are transgender children, diagnosed with gender identity disorder, and their parents insist this is not a phase.
Six year old Jazz is a transgender girl. (Heidi Gutman/ABC )

[USA] [Blog/Commentary]
A Reader's Thoughts on Alexis Arquette

There were so many comments this week that we don't even know where to begin with this week's Queerty ReBUTTal. So, rather than offending someone by not picking their comment - they were really all lovely, thank you - we're using this space to feature an electronic exchange between ourselves and a reader.

sábado, Abril 28, 2007

[Italia]
Uccisa una transessuale a Pescara
Emanuela Di Cesare, una transessuale trentasettenne, è stata trovata morta a Pescara. Probabilmente si tratta di un omicidio: la donna era nuda, riversa sul divano, nella sua abitazione e aveva la testa fracassata da un'arma ancora ignota.
Vita da trans: gli stereotipi, il dramma, una storia
Manuela di Cesare è la terza transessuale uccisa nel 2007 in Italia. Nel 2006 sono stati 30 gli omicidi che hanno colpito uomini e donne che hanno affrontato o stavano per "transitare" da un sesso all'altro.

[UK] [Events]
City Hall venue for trans dialogue
A public meeting next week aims to foster a frank dialogue between London's trans community and providers of gender identity services.

[Austria]
Man robs bank to pay for boob job
It's Dog Day Afternoon - the Austrian version. A man has been jailed after robbing a bank to pay for a breast operation for his transvestite lover.

[Australia] [News/Sports]
Aussie Trannie Wins Right to Play
The Tasmanian women's soccer league decided on Wednesday, June 21, to allow male-to-female transsexual Martine Delaney, formerly Martin Delaney, to continue to play in the league.

[Canada]
J'ai changé de sexe ? Et alors ?
Cette semaine, l'historien saguenéen Russel Bouchard a avoué publiquement être un «transgenre» Ce coming out est important. Il n'a pas seulement soulagé le principal intéressé (qui se fait maintenant appeler Aurore Boréale). Avec un peu de chance, il incitera aussi d'autres «marginaux» à sortir du placard.

[USA] [News/Television]
Transgender Kid: God Made a Mistake
Riley Grant claims he is a 10-year-old girl in a boy's body. He was given the name Richard at birth but now goes to school with long hair, girls' clothing and the name Riley.

[USA] [News/Sports]
USGA Welcomes Trans Golfers
To little fanfare, the United States Golf Association this week adopted a policy to allow post-op transgender male-to-female golfers to participate in women's tournaments.

[USA] [Blog/News/Commentary]
Sports Writer To Become Woman
American athleticism' s growing increasingly queer. Former B-Baller John Amaechi cracked open the sportsman's closet when he came out a few months ago, now Los Angeles Times' Mike Penner's filling it up with dresses. The jocko-journo used yesterday's column to announce his plans to become a woman.
Sportswriter Takes Transgender Identity Public
Mike Penner of the L.A. Times Wrote a Column to Explain Some Changes, Including His New Name: Christine

[NY,USA] [People]
Alexis Arquette On Being Transgender
"Is me feeling female the same as J. Lo feeling black? I don't know." So said Alexis Arquette as she pondered her gender during the press conference for Alexis Arquette: She's My Brother in Chelsea Thursday afternoon. The movie premieres at the Tribeca Film Festival Monday night.
Director Matthew Barbato with Alexis before the press conference

sexta-feira, Abril 27, 2007

[Portugal]
Transsexualidade – A Transição Em Portugal II
Debate Sobre Transsexualidade no Centro Comunitário Gay e Lésbico de Lisboa

No seguimento do primeiro debate, que tomou lugar 20 de Janeiro deste ano, a associação ILGA-Portugal vai promover um novo debate sobre a situação da comunidade transsexual em Portugal. Enquanto que no primeiro foram debatidas as reivindicações clínicas d@s pacientes transsexuais, neste serão discutidas as reivindicações legais da comunidade transsexual portuguesa.

O debate será centrado na Lei de Identidade de Género reivindicada pela ILGA-Portugal, que, à semelhança do que aconteceu com a Lei de Identidade de Género recentemente aprovada em Espanha , resolveria os muitos obstáculos que os tribunais portugueses colocam a quem quer corrigir o seu sexo e nome legais, tornado os processos complexos, lentos, e excluindo arbitrariamente parte da população transsexual.

Pretendemos, com este debate, discutir e melhorar o documento reivindicativo, e ponto-da-situaçã o, sobre a transsexualidade em Portugal, que pode ser lido aqui.

Presenças confirmadas:
Pedro de Freitas e Íris Monteiro (Hospital Júlio de Matos)
Representantes do movimento Médicos Pela Escolha
Representantes do Grupo de Trabalho sobre Transsexualidade da ILGA-Portugal

O debate tomará lugar no Centro Comunitário Gay e Lésbico de Lisboa, no dia 28 de Abril de 2007, às 16h. A entrada é livre.

É cómico. Eu estive presente no primeiro debate, e a não ser que considerem como "debate" uma interlocução com a equipe médica do Hospital de Santa Maria, não vi debate nenhum. Pelo menos entre as pessoas directamente interessadas no assunto (leia-se Transexuais). Primeiro, debates sobre "reivindicações clínicas d@s pacientes transsexuais" não devem ser feitas únicamente com UMA equipe, mas sim e no mínimo com as várias equipes médicas. Além de que, na minha opinião, deveriam ter havido debates prévios entre "@s pacientes transsexuais", coisa que não existiu nem a ILGA se mostrou interessada em fazer.


Assim, não vejo como possa haver um "discutir e melhorar o documento reivindicativo", pois um debate para isso é manifestamente pouco, além de que a classe médica devia ser chamada, isso sim, para APOIAR as reivindicações, NÃO para discuti-las. Para as discutir, e se o documento é sobre Transexuais, deviam ser precisamente Transexuais a discutir.

Como a esperança é a última a morrer, vou lá estar novamente. A ver vamos como vai ser desta vez.

[Portugal]
Transexualidade em "As Tardes de Júlia"
Hoje, sexta-feira, a partir das 14h, no programa "As Tardes de Júlia" da TVI, o tema central será a Transexualidade. (Não confirmado).

[Italia]
Vladimir Luxuria: seno nuovo e una legge per i trans
Martin lo ha solo accennato qui. Ma in effetti la notizia sta facendo, pare, il giro del Bel Paese. L'on. Vladimir Luxuria dopo anni di orgoglioso travestitismo, e non transessualità come molti giornalihanno sempre erroneamente scritto, va incontro ai media e gli facilita il compito.

[Italy]
Italian health minister backs coverage for sex changes
Italy's health minister has indicated that she will support legislation to extend state health-care coverage to the costs of "sex-reassignment" therapy.

[Italia]
DUE SOSPETTATI PER L’OMICIDIO DEL TRANS
Un vigile del fuoco e un giovane straniero residente nello stesso palazzo della vittima entrano nell'inchiesta sull'omicidio a luci rosse nel residence di via Monti Ernici 21.

[UK]
Trans leaders meet with NHS
The Greater London Authority will play host to a public discussion on gender reassignment in London on Tuesday 1st May. The Gender Reassignment discussion is the second community panel funded by the Department of Health to mark Lesbian, Gay, Bisexual and Transgender History Month.

[UK]
Wife of trans dentist worried about new birth certificate
Counsel for a mother of two whose husband is seeking a new birth certificate after transitioning into a woman has told the Irish High Court that such a ruling would create "enormous uncertainty. "

[Canada] [Music]
Transgender-led rockers The Cliks challenge identity with Timberlake cover
Led by a transgendered man and backed by three women, The Cliks are not your average rock group.

[FL,USA]
West Palm Beach To Protect Trans Residents
The West Palm Beach City Commission has voted unanimously to adopt an ordinance prohibiting discrimination in employment, housing and public accommodation based on gender identity and expression.

[CA, USA] [News/Commentary]
Old Mike, new Christine
During my 23 years with The Times' sports department, I have held a wide variety of roles and titles. Tennis writer. Angels beat reporter. Olympics writer. Essayist. Sports media critic. NFL columnist. Recent keeper of the Morning Briefing flame.
Today I leave for a few weeks' vacation, and when I return, I will come back in yet another incarnation.
As Christine.
[News/Blog] SO MUCH MORE THAN A 'TRANSSEXUAL SPORTSWRITER,' NO DOUBT
This lends new meaning to the phrase "new face in the newsroom." Mike Penner, a long-time L.A. Times sports columnist, disclosed in a column today that he is a transsexual and is embarking on a sex change and continued life as Christine Daniels.
[Blog/News/Commentary] Coming Out as Transgender at Work
I just finished reading this stunning piece by Los Angeles Times sportwriter Mike Penner.
[Blog/Commentary] The Old Adventures of New Christine
Mike Penner is one of a handful of L.A. Times' sportswriters I read no matter what.
[News/Sports/ Commentary] Transsexual sports columnist comes out
Mike Penner tells of his journey to Christine Daniels

[DC, USA]
Murderer sentenced to 26 years
Preston Randolph Logan had criminial history before brutal death of transgender girlfriend 'Diamond' Lee Person

quinta-feira, Abril 26, 2007

[Italia]
Trans uccisa, 10 anni fa un rene in vendita per operarsi

«Un rene in vendita per operarmi». A tanto si era spinta Manuela Di Cesare quando il suo nome era ancora Marco. Quando si sentiva già donna ma per l'anagrafe e per le apparenze era ancora a tutti gli effetti un uomo. Le aveva pensate proprio tutte per avere quel corpo completamente femminile, per riuscire ad accettare quella che per qualsiasi trangender diventa una gabbia che non si riconosce.

[India]
Statewide survey of transgenders begins
The government has embarked on a statewide survey of aravanis - the transgenders - to go ahead with its plans to protect their welfare.

[USA] [News/Television]
Zarf Transforms "The View"
Rosie O'Donnell wasn't the only lesbian rocking the stage at a recent "View" taping.

[USA] [News/Television]
Born With the Wrong Body
This past Christmas, Riley Grant received a present that can be described as bittersweet -- a video game that allowed her to morph a digital body into anything she wanted. Almost immediately, Riley, a 10-year-old transgender girl who is biologically a boy, adopted a virtual female persona. If only life were so easy, that she could punch a button and turn into a girl.
Riley Grant is a 10-year-old transgender girl. Grant and her parents talk to Barbara Walters about the challenges she faces each day. (Heidi Gutman/ ABC )

[USA]
Stanton plans to lobby for bias ban
Lawmakers introduced federal legislation Tuesday to protect gay and transgender people from discrimination at work.

[USA] [News/Commentary]
Checking Boxes; Transgender Chic
Excerpt: While these ideas didn't hold much sway among ordinary Americans, they've become articles of faith on college campuses and among elites. They've been added to another staple of postmodern thought, identity politics, which views membership in a particular group as the basis for all action. The result is separate dorms for "transgender students" - that is, men who choose to be feminine and women who choose to be masculine. . .If this sounds absurd to you, you're not alone. Phillip Johnson tells a story in his great book The Right Questions about a fellow faculty member at Berkeley who taught his students the postmodern line. Then his son began crossdressing, and dad, despite his proclamations, was embarrassed to introduce him at a dinner party. All the young man was doing, of course, was following his father's teaching.

[USA] [News/Commentary]
Transsexuals, Transgenders, and Crossdressers
I am a woman born transsexual. What benefit is it to me to gather under a gender-spectrum, politically correct Capital T with transgenders choosing to live as another gender, crossdressers who change their outward presentations whenever they wish, bearded men in dresses, transvestite fetishists, chicks with dicks, silicon breasted street hookers, pseudo-revolutionary gender fuckers, and me? None.

[TX, USA] [Commentary]
Transgendered individuals need universal support
Like foreigners in their own skin, transgendered people suffer from massive confusion, verbal and physical abuse, and struggles with acceptance. Many know about gay people, lesbians and bisexual people, but little is known about people who identify themselves as transgendered. "Transgender" is a term used to encompass people who do not identify well with the genders they were born as. Since not much is known about transgendered people, they lack certain rights and are often discriminated against. With education and more tolerance, more legal rights for these people should be made possible.

[CA,USA]
Girl Who Sought to Be Prom King Loses
Classmates did not support a Fresno, Calif., girl who ran for promking - instead electing a boy to the role.

quarta-feira, Abril 25, 2007

Finalmente tive o (des)prazer de ver uma crítica à reportagem do Expresso. E digo-o, pois infelizmente reparo que existem pessoas que nunca aprendem. Em vez de fazer uma crítica constructiva à dita reportagem, continua a deixar-se levar por mentiras auto-inflingidas e ódios antigos.

De título "O Expresso errou", começa por dizer o que achou positivo. Toda a reportagem está dirigida para a experiência pessoal vivida pel@s entrevistad@s, logo com um registo similar a muitas outras. No entanto ressalva a de um trans masculino, por ser trans e ser homossexual. As outras, segundo o post, "descredibilizam pela inconstância de características pessoais (como variâncias esporádicas na escala de Kinsey)". Não vou comentar esta afirmação, pois vinda como vem de alguém que segundo parece é a detentora final da verdade da Transexualidade (o que quer que isto seja, hehehe), só é verdadeiramente Transexual as pessoas a quem ela dê o seu aval. Também ouvi, no Hospital de Santa Maria, uma teoria parecida (não no seu teor) em que se afirmava que "quem se prostitua não é Transexual". Imagino como devem estar falseadas as estatísticas deste hospital, a existirem.

Passando à frente desta tristeza, continua o chorrilho de imbecilidades. "Também é descredibilizante a afirmação de que os médicos portugueses tratam os Homens Transsexuais como “Transsexuais femininas”, e vice-versa". Descridibiliza esta afirmação dizendo que "aparentemente são a minoria (e felizmente!). " Mais uma vez faz afirmações sobre coisas que ignora, tal como fazia na altura em que atacava indiscriminadamente toda a classe médica, que eram todos transfóbicos, menos conscientes do respeito e dever de reconhecimento da identidade d@s pacientes, e outras coisas piores. A coisa foi de tal maneira que recentemente teve de publicar um post a retratar-se em relação aos médicos de Hospital Júlio de Matos. E pelos vistos não sabe que se se dirigir a um qualquer hospital em que necessariamente terá de apresentar o Cartão de Utente do Sistema Nacional de Saúde (SNS), a GRANDE MAIORIA da classe médica trata @s pacientes de acordo com o género inscrito na banda magnética. Esta deve ter-lhe passado ao lado. Ou então tem uma saúde de tal maneira boa que nunca deve "ir ao médico". Se calhar pela mesma razão que diz que "está impedida de votar".

Volta à carga com a mania que a maioria d@s pessoas Transexuais não se prostitui. Fala em estatísticas do SNS e do privado (nunca vi nenhuma, nunca soube de nenhuma que tenha sido feita, além de que, como atrás disse no caso de Santa Maria, têm muitos critérios bastante discutíveis, além de que só se referem a quem lá vá) que são os mesmos que já afirmaram que em Portugal e contrariando a média estrangeira, existem mais trans masculinos (FTM) que femininos (MTF). Além de que há que esclarecer uma coisa: quando se fala de prostituição, fala-se necessariamente da feminina (MTF), pois a masculina, a haver em Portugal, será de um ou dois casos isolados. Este esclarecimento torna-se necessário pois parece que muita gente ainda não parou para pensar dois minutos sobre isto. Bem, continuando, existem no entanto estudos realizados com a cooperação da ªt que apontam para que 98% DAS Transexuais se prostituam. Como estes dados não interessam pois não vão de encontro com determinados ideais, nunca são referidos nem achados quando se trata de Transexualidade. E depois venham-me com conversas que a ªt nunca fez nada nem nunca quis colaborar. Não tenho conhecimento também de nenhuma associação, nem ILGAs, nem OPUS, etc, que tenham feito alguma vez um estudo, sozinhas ou em participações.

Como tenho sempre afirmado, não é negando a realidade quando não se coaduna com determinados ideais que se chegará a algum lado. A continuação deste tipo de atitudes em nada ajudará à compreensão do que é a comunidade Transexual, nem a que a sociedade à sua volta a comece finalmente a aceitar. É, isso sim, aceitando a realidade e a partir daí, tentar arranjar maneira de mudar as condições.

Mais uma vez, um mau exemplo de informação. mais uma vez uma tentativa de alterar a realidade. Mais uma vez um exemplo de Transfobia dirigido a outr@s de quem não gosta. mais uma vez uma tentativa de afirmar que não existe discriminação, que as dificuldades que a comunidade Transexual sofre não existem, enfim... paupérrimo.
[Italia]
Transessuale assassinata a Pescara
Le hanno spaccato la testa colpendola ripetutamente.
Emanuela Di Cesare, transessuale di 37 anni residente a Pescara, è stata assassinata in casa sua ieri notte.

[Malaysia] [Letters to the Editor]
Give mak nyahs their due
I REFER to an article recently concerning transsexuals in Terengganu.
I would like to express my dismay over the lack of understanding for transsexuals or mak nyahs as we are locally known.

[Thailand]
Thailand's 'third sex' demand constitutional rights
Gay, lesbian, transgender and transvestite groups in Thailand are campaigning for a clause in its post-coup constitution giving official status to the "third sex" to try to end discrimination.

[Canada]
Russel Bouchard vit un délice de bonheur
L'historien et polémiste Russel Bouchard vit un délice de bonheur. Sa sortie publique, hier, en première page de l'hebdomadaire Progrès-Dimanche, pour avouer publiquement son état de "transgenre" , a provoqué de nombreux témoignages de sympathie et d'encouragement tout au long de la journée.
Photo: Russel Bouchard - Le Quotidien, Jeannot Lévesque
Transgenre : Russel Bouchard reste le même!
Malgré sa sortie publique en tant que transgenre, Russel Bouchard n'a pas changé de personnalité.

[USA]
Groundbreaking Guide About Coming Out as Transgender
The Human Rights Campaign and the National Center for Transgender Equality recently pooled their expertise and resources to produce a groundbreaking resource guide, Coming Out as Transgender. The new publication, available in print and on line, offers step-by-step guidance in talking with friends, co-workers and family about being transgender.

[CA, USA] [Letters to the Editor]
Gender more than clothing
I approve of all transgender people. I think it's great there are procedures that the people can go through to get to be who they truly are. I applaud all who go through this trying transition.

terça-feira, Abril 24, 2007

[Portugal]
Finalmente veio a confirmação. O segundo debate realizar-se-à dia 28 deste mês pelas 16 horas no Centro Comunitário Gay e Lésbico de Lisboa, desta vez com a presença dos profissionais do Hospital Júlio de Matos (Pedro de Freitas e Íris Monteiro), representante dos Médicos pela Escolha (não informaram quem) e Representantes do Grupo de Trabalho sobre Transexualidade da Assoc. ILGA Portugal (no site até parece que são uma organização extra-ILGA ou que estão a tentar separar o grupo para ter mais aceitação, embora continuem a ter o autismo e soberba do costume, como se viu no debate anterior, pois aparece assim: Representantes do Grupo de Trabalho sobre Transexualidade (Assoc. ILGA Portugal) ). A ver se aceitam melhor as opiniões de quem sabe o que sabe por sentir na pele desta vez.



[UK]
MoD Media Officer's post under spotlight as Transsexual starts
The now vacant post of Ministry of Defence Press Officer in Gibraltar has come under the spotlight after former Parachute Regiment officer Jan Hamilton, who recently underwent a sex change operation, has started proceedings against the MoD.

[EUA] [TV]
ABC 20/20 Friday Night - lives of children trapped in their own bodies
Friday, April 27th at 10 p.m. EDT: Barbara Walters looks at the lives of children trapped in their own bodies, wanting to be the opposite sex.
[Blogs/Television] Barbara Walters interviews transgender children
Our friends at TransKids Purple Rainbow, a national advocacy organization for transgender children, gave us a heads up about an exciting project that they have been working on with Barbara Walters and ABC News.

[DC, USA]
Pitch switch: Transsexuals get speech therapy
When you listen to Gracie Daniels speak, you would never know that she was once a man. Standing at a model's height, her feminine, yet somewhat stern-sounding, voice matches a slender body that shows no trace of her former gender.
Media Credit: Erin Shea/photo editor. Johnna Fisher is a transsexual who completed sessions at the GW Speech and Hearing Center. About one-third of the clients are transsexuals.

[OR, USA]
Week-long celebration recognizes experiences of transgendered people
The University's first Trans Week of Celebration begins today and will include workshops, films and gatherings focusing on those who self-identify as transgender and genderqueer, and educating those in the non-trans community, the LGBTQA said.

[MN, USA] [News/Events]
Transgender media specialist to tell her story
One Friday in 1998, a media specialist left work at Minneapolis' Southwest High School as a man, and returned the following Monday as a woman – Debra Davis. She remained in her position as media specialist for three years until deciding to work full time for the Gender Education Center.

[CA,USA] [Blog/News/Commentary]
To Be a Man in America
Can you imagine a state where a girl is allowed to use the boys' lavatory and compete to become prom king? If you imagined California, you are correct.

[NC,USA]
Equity Policy Expanded to Include Transgender People
Everyday life can pose specific stressors for transgender people - whether it's checking off boxes on medical forms, finding a unisex bathroom, or simply dealing with awkward reactions from other people.

segunda-feira, Abril 23, 2007

[Spain]
Transsexual becomes first to stand at Spanish election
Retired school teacher, Kim Pérez (archive photo, 2002), has become the first transsexual woman to stand for election in Spain.

[Italia]
ROMA. VERDì RIAPRE IL GENDER DOPO LA CHIUSURA DELLA POLIZIA
Venerdì 20 aprile, dalle ore 22, INCONTRO/FESTA al Gender di via Faleria a Roma che nel 1998 è stato insieme al Degrado il luogo dove è partito il movimento transgender in Italia.

[Italia]
FAMILY DAY, LUXURIA: ITALIA RISCHIA DERIVA POLACCA
Il "Family day" si preannuncia come la manifestazione più ostile verso la comunità gay, lesbica e transessuale che rischia di trascinare l'Italia verso una "deriva polacca", omofoba, misogina e populista, perpetrata dalla Lega delle famiglie polacche e dall'emittente cattolica "Radio Maryia" con il sostegno del presidente ultraconservatore Lech Kaczynski.

[Canada]
Avez-vous déjà eu peur d'aller aux toilettes?
Pour la plupart, vous ne vous êtes sûrement jamais posé la question, et pourtant, pour ceux et celles dont l'identité de genre ne saute pas aux yeux, le simple fait de se retrouver devant la fameuse petite demoiselle en robe et le petit monsieur en pantalon peut créer une angoisse telle que certaines personnes refuseront simplement de soulager leur vessie par peur de violence verbale, psychologique et même physique.

[Ukraine]
Distress over Ukraine's Eurovision Entry
Ukrainian nationalists are protesting the nation's official entry in the Eurovision Song Contest – a single by drag queen Verka Serdyuchka.

[UK]
Sex swap Para to sue after Army withdraws £45,000-a-year post
The first transsexual officer in the Armed Forces has been fired and is taking legal action against her employers for sexual discrimination.
Photo: Transformation: Captain Ian Hamilton is now Jan
Transsexual officer suing British military
The British military's first transsexual officer is suing for sexual discrimination after having her army position withdrawn this month.

[UK/Thailand]
He's Gavin' A Laugh
MR Miss World was a truly touching and downright wet-your-pants funny film about the world's biggest transsexual beauty contest.

[Thailand]
Pageant where the prettiest flock to
A TELEVISION spectacle that is watched by millions of viewers across Asia, the Miss Tiffany's Universe beauty contest, has come a long way since its inception 10 years ago.

[Uganda]
Not ashamed of her sexuality
"My parents thought I was automatically a girl judging by my genitals. But I later adopted the name Viktor because I am transsexual. I am not bound to masculine or feminine expressions and roles of gender," says Juliet Viktor Mukasa.
Photo: LEVEL HEADED: Victor is a homosexual and isn’t apologetic about it. E.A Standard photo

[New Zealand]
NZ transgender cop 'an ordinary woman'
Three weeks ago, Constable Steve Lurajud, had gender-reassignment surgery in Phuket, Thailand, and will return to the Christchurch police next month as Constable Sarah Lurajud – New Zealand's first post-operative transgender cop.
Sex-change cop was a macho man
As Constable Steve Lurajud, he was a macho-man cop with a bushy moustache and a No1 haircut who once risked his life to pull a pensioner from a burning building.

[India]
Eunuch 'ties the knot' in Jharkhand
'Husband' Dilip, whose father is an employee of Tata Steel, said: 'Love means marriage and we decided to go for it without considering what society will think about us. We also chose a safe venue for the marriage to prevent any untoward incident during the function.'

[USA] [Commentary/ Health/Medicine]
Pathologies of the Diagnostic Statistics Manual of Mental Disorders
Pathologizing people who are dissimilar as mentally ill gives unreasonable and unprecedented power to those who chose conformity. Interestingly the real illness is often not experienced by the person who is living their life as they see fit, but rather the person who fears someone who is brave enough to live life as they see fit. Many mental illnesses are figments of our vivid imagination. Labeling choices and behaviors as disorders only causes harm in the long run. Choice and behavior is relative to the differences in human beings, their nature, their intelligence, and their personalities rather than mental illness.

[USA] [Commentary]
What's In a Name?
Over the last year or so, I’ve watched as a new term – Harry Benjamin Syndrome – has grown in popularity.

[USA] [News/Documentary/Television]
'Born in the Wrong Body'
Transgender youth share their stories in an MSNBC documentary

[PA, USA]
Brittany A. DeLoach
Brittany A. DeLoach, a trans activist who was outspoken in her criticism of Philadelphia police, died of a massive heart attack at her Northeast Philadelphia home on April 15. She was 31.
Photo: Brittany A. DeLoach & her daughter Brittany Khadija NyVera DeLoach

[FL,USA] [Letters to Editor]
Job applicants' gender identity shouldn't matter
I have enjoyed living here for more than three years. I moved here from New York City and see that Sarasota is becoming its own city with its own personality. I hope that a person's gender preference will not get into the consideration of one's qualifications for employment. If we as Americans can carry guns with little to no background checks, why should we get involved with someone's gender choice?

sábado, Abril 21, 2007

[Ireland]
Transsexual seeks change of birth certificate
A female who was born as a male is asking the High Court in Dublin to instruct the government to issue her with a new birth cerificate.

[MI,USA]
Jury finds man guilty in transvestite murder
An Ypsilanti man is guilty of first-degree murder for killing a Canton Township cross-dresser with a NASCAR-themed flashlight after a night of sex and drugs, a jury ruled today.

[DC,USA]
Ga. clergy lobby Congress on gay, trans bills
As a congressional committee began deliberations over a bill that would move jurisdiction over hate crimes to the federal Justice Department, hundreds of clergy members — including a delegation of six preachers from Georgia — gathered in Washington this week to lobby lawmakers to pass the bill. The group also urged Congress to take action on the long-delayed Employment Non-Discrimination Act.
Rev. Erin Swenson, a transgender Presbyterian minister from Atlanta, was one of nine featured speakers at a press conference April 17 on the steps of the U.S. Capitol. (Photo courtesy HRC)

[NY, USA]
Trans Marriage Poses Immigration Glitch
The petition of a fully transitioned New York transgender woman who has been a U.S. citizen since 1996 to sponsor her foreign-born husband for citizenship has slipped through the cracks of U.S. governmental bureaucracy.

[MD, USA]
Montgomery County weighs trans rights bill
After searching two months for work as an auto mechanic, Celeste Hall reached an inescapable conclusion.
There were jobs available at shops in Montgomery County, but none that were open to trans applicants.
Dana Beyer, a transgender Montgomery County resident, says if the county passes trans anti-discrimination legislation, it would show that local elected officials take the issue seriously. (Photo by Jay Westcott/AP)

sexta-feira, Abril 20, 2007

Hoje finalmente lá nos dirigimos (eu e a Lara) ao Hospital de Santa Maria para levar a cartinha escrita pelo Dr Xavier Vieira ao Dr Garcia e Costa, endocrinologista que trata dos casos de Transexualidade em Santa Maria.

Depois de esperarmos duas horas e tal que me atendesse, entrámos e sentámo-nos enquanto o Dr Garcia explicava que não sabia o que eu ia lá fazer (até pensava que era uma carta sobre a Lara, o que também estranhava pois o processo dela está terminado), pois já me conhecia e sabe perfeitamente que o meu processo é do Hospital Júlio de Matos.

Ou seja, estava eu a perguntar-lhe o que ia eu lá fazer, e ele a perguntar-me o mesmo. Ou seja, acabou por responder na mesma carta ao Dr Rui Xavier Vieira que, visto o meu processo ser de outro Hospital e eu lá ir meramente para uma segunda opinião, não fazia qualquer sentido seguir-me.

O que me faz perguntar se não estarei a ser alvo de represálias por andar a denunciar as coisas que se passam. Não conheço nenhum caso de uma segunda opinião em que se tenha pedido qualquer exame endocrinológico, pois isso faz parte do processo principal.

O que, tudo junto (o tempo que já se demorou com consultas, os testes psicológicos - que ainda não sei nem quais nem quantos serão - e uma suposta análise endocrinológica), me faz perguntar se não estarei a ser alvo de uma espécie de boicote, em que me vão demorar ao máximo que puderem a apreciação da segunda opinião.

A ver vamos. Não se justifica que uma segunda opinião demore este tempo todo. Nem é credível que o meu caso seja “atípico”, como me afirmou o Dr Rui Xavier. Nem pelo facto de não ser hetero mas sim lésbica, pois como já tinha dito, afirmou o mesmo à Lara sendo ela heterossexual, e no entanto bastaram-lhe duas consultas em Coimbra para ter a segunda opinião, sem testes psicológicos de espécie alguma.

Considerando que o Dr Rui Xavier faz parte do grupo de médicos que analizam os casos de Transexualidade na Ordem dos Médicos, e sendo este o tipo de critérios que utiliza para as segundas opiniões (testes psicológicos, um não acabar de consultas e análise endocrinológica), pergunto-me como é possível que dê luz verde a processos com duas ou três consultas para uma segunda opinião.

Como se vê, este requisito da segunda opinião pela Ordem dos Médicos (obrigatório) não faz qualquer sentido. Ou se faziam dois processos em simultâneo, ou este método de para uns duas consultas chegam e para outros só chegam “n” consultas, é pura e simplesmente ridículo.

Um abuso também, uma espécie de farsa, é a necessidade de uma autorização pela Ordem dos Médicos, em que são “analizados” os processos baseados em pareceres afirmativos pelas equipas que seguiram os casos (e que conhecem bastante bem com quem lidam), ao passo que os “analizadores” não tiveram qualquer contacto com os requerentes. Obviamente que qualquer processo que chegue à Ordem para aprovação é um processo positivo, em que a pessoa é realmente Transexual, pois os outros são anteriormente eliminados. Assim, qual a necessidade de se fazerem análises baseadas em pareceres já de si positivos e sem qualquer contacto com as pessoas?
[CA, USA]
Friends and community members are upset that the body of murdered Latina transgender Ruby Ordeñana (photo) was dressed as a boy for a memorial viewing earlier this month.

[FL, USA]
The Largo city manager who was fired after revealing his plans to have a sex change has applied for the city manager position in Sarasota.
Were the mayor and city department heads guilty of misfeasance in office by keeping former City Manager Steve Stanton's sex change under the carpet?

quinta-feira, Abril 19, 2007

[Portugal]
Expresso On -Line
Extrema-direita: Dezenas de "skinheads" detidos pela PJ... (ACTUALIZADA)


Lisboa, 18 Abr (Lusa)

Dezenas de elementos de extrema-direita foram hoje detidos pela Polícia Judiciária (PJ), alguns em flagrante delito na posse de armas, numa vasta operação que envolveu cerca de 60 buscas.

Os detidos, mais de 30 e suspeitos do crime de discriminação racial, estão neste momento na PJ para serem ouvidos e só quinta-feira deverão ser conduzidos a um juiz de instrução criminal.
Esta operação é liderada pela Direcção Central de Combate ao Banditismo (DCCB) da Polícia Judiciária, sendo acompanhada por um procurador do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa.


Uma fonte policial do Norte do país referiu à Lusa que naquela região também ocorreram detenções de elementos conotados com a extrema-direita.
As detenções tinham sido anteriormente confirmadas à Lusa pelo presidente do Partido Nacionalista Renovador (PNR), José Pinto Coelho, a três dias do encontro, em Lisboa, dos partidos europeus nacionalistas e organizações de extrema-direita.


"Há, de facto, uma acção policial a decorrer e já foram feitas algumas detenções, mas desconheço de quem se trata e quais os motivos", disse à Lusa José Pinto Coelho, presidente do PNR.
A edição on-line do semanário Expresso refere que operacionais da DCCB executaram mandados de detenção e de busca contra suspeitos de envolvimento em movimentos fascistas e neonazis.


José Pinto Coelho acredita que pode existir uma ligação entre as detenções de hoje e o encontro de extrema- direita agendado para sábado.
"Admito que possa haver ligação. É no mínimo estranho estas detenções acontecerem a três dias do encontro", afirmou o presidente do PNR, reconhecendo que esta acção policial pode contribuir para uma "desmobilização" dos simpatizantes de extrema-direita.


O PNR - que recentemente causou polémica por ter colocado um "outdoor" contra a imigração na Praça Marquês de Pombal, em Lisboa - tinha anunciado a presença no encontro em Lisboa de representantes de pelo menos 13 organizações nacionalistas europeias no Dia da Juventude Nacional, que classificou como "um dos maiores eventos nacionalistas das últimas décadas".

[Chile]
Confessed Transvestite Killer Avoids Jail
Impunity A Common Factor In Transgender Murders
As far as murders go, the death of Andrea Sanchez – fatally beaten in her Calama apartment by a man who had just bought her sexual services for 2,000 pesos (less than US$4) – seemed to be a fairly cut and dry case..."Turns out it's cheap to kill a faggot," he was quoted as telling reporters upon his release...Vicencio successfully plea bargained for a four year suspended sentence.
Photo: Andrea Sanchez, murdered in 2004

[MI,USA]
Friend: Transvestite's daughter saw murder
A female friend of a Ypsilanti man accused of bludgeoning a transvestite with a NASCAR-themed flashlight testified today that he confessed to murder one day after the crime.

[FL,USA] [Blog/Commentary/ Television]
Steve Stanton on Daily Show Video
Autumn Sandeen's blog has a link to a segment with Steve Stanton on The Daily Show. It included interviews with Stanton, Largo residents, and a disapproving former mayor, as well as snippets from the City Commission hearings.

quarta-feira, Abril 18, 2007

Segundo parece, está quase a realizar-se o segundo de três debates sobre a realidade Transexual portuguesa. Em princípio será antes do final deste mês, desta vez com a equipa do Hospital Júlio de Matos, como estava programado. Como não existe ainda confirmação oficial da ILGA Portugal, não publico a data programada, mas fá-lo-ei assim que houver confirmação. Fiquem atentos.

[Ireland/Europe]
Transgender dentist continues legal fight
A dentist who had a sex change operation is continuing her legal battle to be registered at birth as female.
Dr Lydia Foy (photo) has asked the High Court to rule that the failure to put a system in place which would allow her to be registered as female means the State is in breach of the European Convention on Human Rights Act.

[UK]
Miss World force change to trans documentary name
A programme to be broadcast tonight about a transsexual beauty pageant has been re-named after broadcaster Channel 4 were taken to court.The Miss World organisation successfully sought an injunction to prevent Channel 4 using their trade mark.

[Italia]
LECCE. CASE A LUCI ROSSE, TRANS GESTIVA GIRO DI RAGAZZE SUDAMERICANE
Un transessuale, Fabrizio Elia, di 48 anni, noto col nome di Amanda, era - secondo la polizia - il gestore a Lecce di una quindicina di case a luci rosse nelle quali sfruttava la prostituzione di numerose donne immigrate clandestinamente dal Sudamerica.
Lecce – Il “sex village” del transessuale Amanda
Fabrizio Elia, 48 anni, arrestato con un'ex prostituta di 69 anni (perl'età, ai "domiciliari") con l'accusa di sfruttamento della prostituzione di ragazze importate dal Sud America in 15 case.

[OR,USA]
Gender unspecific
On a typical dreary Thursday afternoon, Suzanne Kessler began her speech by talking about nutritionists. She said recently she heard a nutritionist on the radio recommend that men eat nine servings of fruits and vegetables a day while women should eat seven servings a day.

[News/Speech Text]
BODY SHAME, BODY PRIDE: LESSONS FROM THE DISABILITY RIGHTS MOVEMENT
Enough people asked me for a copy of my keynote from the FORGE Forward Conference that I'm posting it here.

[USA] [Blog Commentary]
Would you date a transgendered person?
Before we move on to the usual, let's have a moment of silence for the victims and survivors of the Virginia Tech shooting. I don't care if it's tipical to this blog or not. They deserve a little acknowledgment and respect.

terça-feira, Abril 17, 2007

Iniciei as minhas consultas para a segunda opinião (requisito imprescindível para a continuação do meu processo de transexualidade no Hospital Júlio de Matos, pois sem ela não me podem começar a receitar a medicação nem posso iniciar as minhas consultas em grupo, além de ser requisito obrigatório na finalização do processo na Ordem dos Médicos) no dia 07 de Dezembro de 2006. Inicialmente queriam que fosse a Coimbra, mas depois de eu insistir que estava desempregada e deslocar-me a Coimbra estava fora de questão, fui informada que afinal Coimbra não era obrigatório, podia fazer a segunda opinião em qualquer Hospital com estas consultas específicas, desde que por um médico não pertencente à equipa que me segue, ou seja, um desconhecido em termos de processo. Mesmo se eu quisesse, tinha a liberdade de a fazer no privado (desempregada, lol).

Assim, e por já ter ouvido alguns relatos sobre os procedimentos ultrapassados e querer conhecer por mim própria como se passavam as coisas, decidi-me a fazê-la no Hospital de Santa Maria, que já conhecia sobejamente por acompanhar a Lara às consultas dela.

Assim, no dia 7 de Dezembro de 2006, lá estava eu frente ao Dr. Lourenço Gomes e ao Dr Rui Xavier Vieira, com a Drª Magda Percheiro como assistente. Esta consulta preliminar foi só para dar início ao processo de segunda opinião lá.

As consultas a sério só começaram a 11 de Janeiro de 2007, data da segunda marcação. Estas foram seguidas por consultas a 8 e 15 de Fevereiro e a 13 de Abril. Todas estas consultas foram feitas pelo Dr. Lourenço e pela Drª assistente. Dr Lourenço que parece ter imensos problemas em tratar as pessoas no feminino, pois recusou-se terminantemente a tratar-me pelo meu nome, Eduarda. Ou me tratava pelo meu nome masculino ou por Edu, diminutivo que o satisfazia pois não é “carne nem peixe”, por assim dizer. Não costumo autorizar que me tratem assim, salvo por uma única pessoa, a minha melhor amiga, mas para evitar mais confrontos logo no início, acedi. Para o resto das pessoas sou a Eduarda e ponto final. Claro que em todas as consultas tratava-me como Trans masculino, e eu sempre a dar-lhe em cima que era Trans feminina.

O que estranhei nestas consultas foram as perguntas, muito pouco direccionadas para a minha transexualidade, nem sequer me perguntou quando nem como comecei a ter consciência na adolescência (porque tive). Na minha opinião preocupou-se muito com as minhas definições sobre o que era normalidade e por acontecimentos muito pouco relevantes, pois tive uma infância normal.

Estranhei imenso, quando me disse, a 15 de Fevereiro, que eu teria de fazer testes psicológicos, pois afinal trata-se somente de uma segunda opinião e eu conheço o processo todo de segunda opinião da Lara, que somente teve duas consultas em Coimbra (foi obrigada injustificadamente a lá ir, pois (des)informaram-na que era obrigatório ser em Coimbra pela equipa médica que a acompanha) e não teve de fazer testes de espécie alguma. Comecei a recusar-me a fazer os testes mas depois acedi, desde que me explicassem porque era necessário no meu caso e não o tinha sido no da Lara. Não me soube explicar. Perguntei se era norma do Hospital de Santa Maria, respondeu que não sabia. Aqui passei-me, compreensivelmente, e perguntei se não sabia de nada, então o que é que eu tinha andado a fazer nas 3 consultas anteriores com ele?

Resumindo e concluindo, na última (até agora que o folhetim continua) consulta no dia 13 de Abril de 2007, quem estava lá? O Dr Rui Xavier Vieira e não o Dr Lourenço Gomes como era habitual.

Fez-me as mesmas perguntas que já me tinham sido feitas e marcou-me a consulta seguinte para 28 de Maio, mas em relação ao tratamento chamou-me sempre pelo meu nome, Eduarda. Não escondi sequer que era lésbica, embora não renegue uma ou outra experiência com homens. Finalizou com uma linda pergunta/afirmação (que depois vim a saber que também foi afirmado à Lara) de que se tinha consciência que o meu caso era um caso atípico. Mandou-me ir marcar testes psicológicos ao 6º andar, e deu-me uma carta para apresentar ao Dr Garcia e Costa, que trata da parte endocrinológica em Santa Maria.

Agora pergunto-me eu (e já não falo dos testes, pois vim a saber posteriormente que no Hospital Júlio de Matos também os fazem na segunda opinião) porque carga de água, numa segunda opinião, vou ter consultas de endocrinologia? Essas tenho eu no Júlio de Matos. O que tem a ver a endocrinologia com a minha transexualidade (salvo que a primeira é uma consequência da segunda)?

Também, no caso da Lara foram duas consultas, outros casos que tenho conhecimento foram três, no máximo quatro, eu já vou em seis e pelos vistos está para durar. Não tenho conhecimento de nenhuma segunda opinião que tenha tido consultas de endocrinologia. (Era para já saber o que lá irei fazer, mas o Dr Garcia estava num congresso hoje e só na Quinta lhe posso entregar a carta fechada que o Dr Rui me entregou para lhe entregar em mão. Assim só na Quinta poderei escrever qualquer coisa, se for caso disso.

Claro que não sou uma carneirinha que vai para lá dizer o que eles querem ouvir, para fugir aos problemas e reforçar a ideia que as Trans são sempre assim e assado, quem não o for não é Trans. Não. Eu vou precisamente para mostrar que existem diferenças, que cada caso é um caso e que não sou uma fotocópia das outras que pululam por ai. E escolhi Santa Maria precisamente para observar in loco estas idiossincrasias do nosso Sistema Nacional de Saúde (SNS). E para confirmar que efectivamente o Hospital de Santa Maria neste tipo de consultas é de evitar.