Transfofa em Blog

Um espaço especial e pessoal, para dar relevo a cada momento único - Bem Vind@ ao meu Blog!

terça-feira, dezembro 16, 2008

[Natureza]
Mais de 75% da população de peixes ameaçada, alerta WWF
Mais de 75% da população de peixes do mundo está ameaçada devido à pesca predatória, segundo um estudo apresentado hoje em Hamburgo pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF).

[China]
Hong Kong realiza sua primeira parada gay
Cerca de 1.000 pessoas participaram no último sábado, 13, da primeira Parada do Orgulho LGBT de Hong Kong, na China. As ruas da ex-colônia britânica serviram de palco para que os participantes desfilassem vestidos com roupas super coloridas como forma de chamar atenção para a necessidade de se observar os direitos dos homossexuais.

[Canada] [Blog/Commentary]
Fear
I would be a liar if I said am never afraid in this journey. Though, I’m NOT afraid of what other people might think of me — my attitude on that issue is if you don’t like it, don’t look.

[AL,USA]
Transgender Robber Is Sentenced
A transgender bank robber will spend the next four years in prison.

[USA] [News/Health/Medicine]
New study firmly ties hormone use to breast cancer
Taking menopause hormones for five years doubles the risk for breast cancer, according to a new analysis of a big federal study that reveals the most dramatic evidence yet of the dangers of these still-popular pills.

1 Comments:

  • At 17 dezembro, 2008 00:32, Blogger Roci TVMX said…

    Eu estou usando um tradutor de yahoo, mim espero que a tradução está correta, isto sou o exemplo de um transsexual da mãe a que sua filha foi arrebatada, por favor da lectura

    Pelo encontro de Alondra e de Rosa Isela.

    Na municipalidade do corte - sido de Jalisco- em 1997 a mãe biológica da ordem de Rosa Isela a recém-nascido a Alondra porque não poderia tomar dele e dessa data nunca retorne. A coisa precedente consiste em um ato levantado no DIF do corte. Alondra é um transsexual de 39 anos e quem por 11 anos se transformou posição do menor. Imediatamente depois de, no 2003, Alondra decide mudar para viver à cidade de Guadalajara. É assim que de 1997, Alondra tomou de ao pequeno como se fora de sua filha, supor desta maneira todas as responsabilidades oferecê-lo não somente a teto, a alimentação, a saúde e a instrução; mas igualmente afeição e amor. No 2006, as autoridades de Jalisco por meio do sistema para o desenvolvimento integral da família do estado, espaço livre o menor a ele que emitem e ele a uma argumentação do abrigo que seja exijida por um parente. É possuir o governo do jalisciense que nega a entrega ao parente do pequeno porque não satisfêz as exigências, mas qualquer um não deu para trás ao transsexual o 30 de julho da comissão de 2007 estados de direitas humanas de Jalisco (CEDHJ), se emite uma medida por precaução dirigida ao Conselho Estatal de Familia (CEF) de modo que ele restitutes a Alberto Avila Vélez, conhecido como Alondra, o trusteeship da menina Rosa Isela. O CEDHJ sustentou o pedido na razão que o código civil do estado não proibe a preferência sexual diversa para obter a custódia dos júniors, e nos instrumentos internacionais em que o interesse é superior claramente antecipado da menina, que não foi antecipada neste caso. E de acordo com o perito oficial rendido trabalha ao pedido do CEDHJ, menor que não teve o sintoma algumas da menina maltratada nem das alterações em seu desenvolvimento sicosexual pela preferência sexual de seu tutelar. Em setembro do transporte diverso de 2007 organizações de México e de outros países emite uma carta pública da sustentação a Alondra e pede-á reintegração do menor. O 25 de agosto do suporte 2008 do Conselho Estatal da família, corona Marselha de Claudia, deixam conhecem-no a Alondra, em um outro escritório dirigido a ela, mas com seu nome oficial, que “concluído uma vez o mesmos e analisando a lima atual, alcangada a conclusão que no momento em que não conta na capacidade emocional, nem econômico manter as necessidades do menor na referência”. Antes que o escritório girou pelo CEF em agosto, o transsexual pediu os estudos realizados por peritos do instituto Jalisciense de Ciencias Forenses (IJCF), mesmo que foi dado como testes à corte sétima. Na avaliação que faz os especialistas, de acordo com a página 10 de decisivo judicial, emfatiza, observações entre outro, que “sua condição da preferência sexual (de Alondra) não impede sua capacidade ele amar e respeitar à outro desde que não diz em nenhum tipo de agitação mental, psicológico ou neurológico”. Em tanto quanto, da avaliação da menina, os peritos do IJCF encontraram que “um está atendendo a uma agitação adaptável do tipo ansioso, depressivo e de comportável relativo diretamente à ruptura da ligação a mais importante que estêve gerado e fornecedor, econômica, tanto quanto moral e lovingly e aquele é Sr. Alberto Avila”. O 28 de outubro de 2008, juiz sétimo do parente, Maria do Carmen Mejía, emitiram-se um acordo judicial em que requisita que “no formulário imediato Avila se dá ao Rosa menor Isela ao Sr. Alberto (Alondra). Mas embora esse dia fosse emitido a ordem, a Alondra não lhe foi notificado. O apenas o 5 passados de novembro onde um empregado do escritório social do Magistrado Geral do juiz do estado se comunicou com ela para lhe dizer que lhe teve a boa notícia nova e lhe perguntou que foi o mais rápido possível à C.A. abandonada abrigo, onde era Isela Rosa em resposta ao acordo judicial, o Conselho Estatal da família do governo de Jalisco promoveu um abrigo de encontro à definição e o mudou à menina do abrigo.

    Pelo encontro da cotovia e do Isela Rosa.

    Presidente Estado Comisión de C. Felipe de Jesus Alvarez Cibrián das direitas humanas de Jalisco. L.C.P. Imelda Guzmán do presidente de Leon do serviço voluntário DIF Jalisco Secretário executivo de Marselha da corona do C. Claudia do Conselho Estatal da familia

    As organizações para baixo signatárias, nós cumprimentamos a definição emitimo-nos o 28 passados de outubro pelo juiz sétimo do parente do poder judicial de Jalisco, Maria do Mejía brindado Carmen, sentenças interlocutory em qual se concede a Alberto Avila Vélez (Alondra) a custódia provisional do Rosa menor Isela. Esta medida por precaução tem como ela baseia o código civil do estado que não proibe a preferência sexual diversa para obter a custódia dos júniors e a adesão de México à convenção nas direitas do menino: “em todas as medidas a respeito das crianças que tomam as instituições públicas ou confidenciais da assistência social, as cortes, as autoridades administrativas ou os órgãos legislativos, uma consideração fundamental de que seja tomado será o superior do interesse do menino” (artigo 3). Em virtude dela que, nós pedimos respectfully o Conselho Estatal da família, cumpre esta definição, ele reembolsa a Rosa Isela a seu repouso esse formulários com quem possuir o menor reconhece como sua mãe. Igualmente nós chamamos a este conselho do estado para abster-se para intervir o abrigo de encontro a esta definição.

    Organizaciones de México:
    - Rocio Suárez. Equipo de Planeación TVMEX-Travestis México
    - Brahim Zamora Salazar, Red Democracia y Sexualidad-Puebla.
    - Diana Laura Guerrero Sandoval, Mario Sánchez Pérez. Frente Ciudadano pro Derechos de las personas Transexuales y Transgénero.
    - Lic. Miriam Bolaños Herrera, Presidenta. Alberto Ramírez González Coord. del Área por la No Discriminación. ATENCIÓN LEGAL Y PSICOLÓGICA INTEGRAL A.C. México, DF.
    - Ónan Vásquez Coordinador General Vida Plena Puebla A.C.
    - Hazel Gloria Davenport Fentanes. Silvia Susana Jiménez Galicia. HUMANA NACIÓN TRANS
    - C. P. Fidel Negrete Vázquez. Director General Colectivo León Gay
    - Angélica García Olivares. Partido Obrero Socialista-Movimiento al Socialismo
    - C. ISIDRO GARCÍA BAÑUELOS. COLEGA.O, A.C. (COMITE LESBIGAY DE OCCIDENTE, A.C.) Jalisco.
    - Dr. Antonio Marquet Montiel. Departamento de Humanidades de Universidad Autónoma Metropolitana, Azcapotzalco.
    - LIC. ANDONI BELLO LANESTOSA. SELECCIÓN MEXICANA DE FÚTBOL DE LA DIVERSIDAD, TRI GAY, AC
    - Eugenia López Uribe. Coordinadora General. Balance Promoción para el Desarrollo y Juventud A.C. México, DF.
    - Rodrigo Aguilar Cornejo. Administrador del Blog Destierrocorporal, Ciudad Guzmán, Jalisco.
    - Ema Villanueva. Coordinadora Círculo de Familias Diversas. México, DF.
    - Elvia Ávila Azua. Gunaxhii Guendanabani AC. Juchitán, Oaxaca.
    - Licenciada María del Rosario Esquivel Tapia. Directora General. Estudiosos de la Ley por el Impulso de una Trascendencia con Excelencia A. C. Cuernavaca Morelos.
    - E.S.P. Andrea Saldaña Rivera. Integrante del Consejo Directivo Comité Promotor por una Maternidad sin Riesgos en México. San Luis Potosí, S.L.P
    - VÍCTOR VELAZCO. CENTRO DE CAPACITACIÓN Y SEXOLÓGICA Y HUMANISTA A.C. (CECASH). México, DF.
    - GINA FURLONG. GRUPO CRISÁLIDA, México, DF.
    - Bertha de la Maza. Directora General de la Distribuidora Voces en Tinta y Representante en México de la Editorial Egales.
    - PROF. MARCO ANTONIO HERRERA TOVAR. Michoacanos por la Salud y Contra el Sida, A.C.
    - Shantall Nuilah. Grupo Eon Integración Transgenérica. México, D.F.
    - Federico Pérez Martínez. Administrador Blog Another Little Piece. Guadalajara
    - Karina Vergara. Grupo Lunas, Lesbianas Feministas.
    - Cecilia Ornelas Gil. Psycenter, Psicologia al alcance de todos. Cuernavaca, Morelos.
    - Antonio Medina y Jorge Cerpa. Agencia de Información NotieSe. Letra S, Sida, Cultura y Vida Cotidiana A.C., Grupo de papás y mamás de gays y lesbianas de Letra S
    - Activistas independientes: Angélica Díaz Tavera, Myrna A. Avitia, Dulce María López Vega, Silvia Verónica Madrid Sierra, Eugenia Espíritu Santo, Sonia Argelia Ruiz Moreno, Manuel Hernandez, Sexóloga Isabel Saro C.,


    Organizaciones Internacionales:
    - Marcelo Ernesto Ferreira. Coordinador del Programa para América Latina y el Caribe de la Comisión Internacional de los Derechos Humanos para Gays y Lesbianas – IGLHRC
    - Micaela Sánchez. Grupo Travestis Guayaquil – Ecuador
    - Dra. Patricia Campos López. AIDS HEALTHCARE FOUNDATION. Chief Latin American Bureau.
    - ALEXANDRA BYERLY. HEALTH EDUCATOR/PROGRAM COORDINATOR EL-LA PROGRAM PARA TRANS-LATINAS. Sn Francisco, California, E.U.
    - Diana Sacayan. Activista independiente. Argentina.
    - John Doner - Coordinador para América Latina Otras Ovejas - Ministerios Multiculturales con Minorías Sexuales.
    - Gloria Careaga. Co-Secretaria General de ILGA-Asociación Internacional de Lesbianas y Gays
    - Natasha Jiménez. Activista Trans/intersex. Mulabi/Espacio Latinoamericano de Sexualidades y Derechos. Costa Rica
    - Andrés Ignacio Rivera Duarte. Presidente Organización de Transexuales por la Dignidad de la Diversidad. Chile
    - Dra. Roxana Hidalgo Xirinachs. Psicóloga y Profesora catedrática. Escuela de Psicología e Instituto de Investigaciones Sociales Universidad de Costa Rica.
    - Marta Salvans I Solé. Activista Social Transexual e Independiente. Barcelona-Catalunya, España.
    - María del Carmen Nieto – representante legal G&M ABOGADOS DE COLOMBIA
    - Germán Humberto Rincón Perfetti – Representante América Latina. ASOCIACIÓN INTERNACIONAL DE ABOGADOS DE GAYS Y LESBIANAS (ILGlaw.org).
    - Miguel Ángel Saurin. Asociación Civil "Cambio y Acción" y secretario de la mesa de concertación de TLGB y TS de Lima y Callao, Perú.
    - Elizabeth Castillo Vargas. Coordinadora Programa Género y salud sexual. Profamilia y del Grupo de Mamás Lesbianas – Bogotá, Colombia.
    - Tamara Adrián. Diversidad e Igualdad a través de la Ley (DIVERLEX). Caracas, Venezuela.
    - Cynthia Cusato P.P. Coordinadora fundadora de ATTTA (Asociación de Travestís, Transexuales, Transgénero Argentina) e integrante del Comité de Eventos Sociales de Mateando New York, E.U.
    - Shirley Valverde. Directora Casa Trans “residencia política transfeminista”. Proyecto Transgénero -Cuerpos Distintos, Derechos Iguales-
    - Juan Carlos Cabrera Calderón. Coordinador Talleres Grupo deSida por la vida. Bariloche -Río Negro – Argentina
    - CHARLOTTE SSHNEIDER CALLEJAS, Directora de TRANSCOLOMBIA-Asociación por el Derecho a la Identidad Cultural y Sexual de los y las Transgeneristas en Colombia, Secretaria Trans para la Región Andina de ILGALAC-Asociación Internacional de gays, lesbianas, bisexuales y transgeneristas de la Región Latinoamericana y del Caribe, Miembro del Grupo de Trabajo del Secretariado Trans de ILGA
    - Lic. Jana Villayzan Aguilar. Directora Red Nacional por los Derechos de las Personas Travestis, Transgéneros y transexuales del Perú "RED TRANS"
    - Belissa Andía Pérez. Secretariado Trans de la International Lesbian, Gay, Bisexual, Trans and Intersexual Association (I.L.G.A). Lima, Perú.
    - Rummie Quintero. DIRECTORA DIVAS DE VENEZUELA. SEC. TRANS SUBREGION VENEZUELA. Y EL CARIBE ILTGALAC (Asociación Internacional de Lesbianas, Trans, Intersexuales, Bisexuales y Gays)
    - Alejandra Domínguez Servicio a la Acción Popular SEAP. Córdoba, Argentina.
    - Pedro Gonzalez. Spanish Speaking Media Volunteer Amnesty International USA Group 205.
    - Diego Vélez . Secretario de la Asociacion Internacional de Familias por la Diversidad Sexual.
    - ALEJANDRA DAZA, CLAUDIA CORREDOR, CRISTINA ROJAS, PAULA SÁNCHEZ. Mujeres EnREDadas LBTI Colombia.
    - Genifer Harrison, member of Amnesty International USA Group 205 in Dallas, Texas

     

Enviar um comentário

<< Home